Foto: Flávia Castelo.

“A vida é curta”. Quem nunca ouviu ou falou isso? Mesmo assim, passamos a maior parte do tempo fazendo o que não gostamos e longe das pessoas que mais amamos. Por quê? Também pensamos mais no passado e ansiamos mais o futuro do que vivemos o presente. Parece até que estamos de mal com o tempo. E por falar nisso, onde foi parar aquele tempo que deveríamos ganhar com as invenções tecnológicas, como o computador e a Internet? O que fazemos com o nosso tempo?

Gosto de ouvir Raul Seixas cantando que prefere ser uma metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo. A música me dá esperança de que um dia as salas de aula ensinem as pessoas a ter uma vida criativa, gratificante e com sentido. Que a escola deixe de ser uma espécie de adestramento ou período de adequação ao mercado. Afinal, não é todo mundo que tem a sorte de ter uma família que propicie criticidade, significado, enfim, uma vida agradável e que preencha.

No final das contas, acabamos todos um conjunto de vazios. E os programas acadêmicos, também, não ajudam. Eles não nos fazem crer que uma única pessoa pode mudar tudo, impactar positivamente a própria vida, a dos outros, o Planeta.

Li sobre um modelo de universidade que parece interessante. Ele foi instalado em 2009, no Vale do Silício, e não ensina como conseguir trabalho. Também não expede diploma ou quaisquer títulos e não existem créditos por lá. Seu único objetivo é resolver o que elegeu como os maiores desafios da humanidade: alimentar a população, garantir acesso à água potável, educação para todos, serviços básicos de saúde, energia sustentável, segurança, cuidado com o Meio Ambiente e acabar com a pobreza. Tudo em menos de vinte anos.

Aposto que lá é um bom lugar para que as pessoas saibam que se transformam no que pensam. No que você está pensando?

Urbi et orbi e faça parte da ALDEIA GLOCAL em aldeiaglocal.com.br, afinal, quanto mais global, mais local.

A coluna “Aldeia Glocal” é publicada no Tribuna do Ceará, às quartas-feiras, e vai ao ar na Rádio Tribuna BandNews (FM 101.7), às 9h10 e 18:10h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *